Encontro de Histórias

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Encontro de Histórias

Mensagem por Danto em Ter Jun 02, 2015 9:24 pm

Para aqueles de coragem, essas são as palavras de Esparta.

O inverno estava próximo de seu fim, os ventos gelados já não rodopiavam mais pelas frestas das janelas e portas. Sem mais lufadas inapropriadas de vento contra a porta, os mortais poderiam novamente sair de suas casas durante a noite e a nossa fome já não seria mais um problema a ser cuidadosamente manipulado. Não estávamos preparados para os acontecimentos do final desse inverno, estávamos sim preparados para o que sempre acontecia: Lucros a vir das plantações, mortais mais sociáveis, tavernas cheias, embarcações em seu ir e vir nos portos. Ao invés de tais acontecimentos, sofremos com a queimada de todos os campos, assassinato de mortais, tavernas e construções postas a baixo pela barbárie das hordas em frenesi que assolaram a cidade e os condados próximos... Permita-me agora contar os fatos sem muitas delongas e adianto o pedido de perdão pela ausência de formalidade na escrita, estou agora escondido em meu refúgio subterrâneo, existe poucas iluminação, pouca fonte de alimentação e principalmente pouca esperança de sobreviver as próximas noites...
O começo do outono foi marcado pelo derramamento de sangue de um jovem cainita, seu nome era Tymon, ele pertencia a oitava sétima dos Toreador. Tymon foi acusado de traição pelo seu próprio Senhor durante o conclave que abriu o outono, seu Senhor (Leander) um antigo artista da região, acusou sua prole de quebrar os laços de sangue, conspirara contra seus domínios e negar-se a obedecer a suas ordens. O Triunvirato de Esparta, composto pelo clã Toreador, Ventrue e Malkaviano anunciou o veredito: Tymon era culpado de quebrar as leis de Caim e por tais infrações deveria receber a morte final pelas mãos de seu criador. Leander então caminhou até sua prole, diante os olhos de todos os cainitas locais e o próprio Triunvirato e atravessou uma estaca pelo coração de sua prole. Arrastando-a até os grilhões postos abaixo do teto de vitrais, com as próprias mãos ele aprisionou o corpo empalado de Tymon e o deixou lá para que o sol da manhã consumisse sua existência. O conclave continuou por mais algumas horas e por fim foi declarado como finalizado, o corpo de Tymon ficou exposto para todos durante todo o conclave, muitos jovens aparentavam-se chocados e amedrontados, muitos antigos pareciam satisfeitos, mas ninguém ficou mais indignado com o acontecido do que o líder Brujah de Esparta: Thadeus.
Thadeus organizou por de baixo dos panos, durante todo o outono, uma revolta poderosa e sanguinária contra todos os antigos da cidade. O primeiro passo foi dado pelo próprio Thadeus, ele assumiu sua culpa por aprisionar suas proles ao laço de sangue, libertando-as e instruindo-as a liberarem suas próprias proles. Tal ato foi visto pelo Triunvirato como um insulto a Caim e as suas Leis de Sangue, rapidamente, todos os Brujah da cidade estavam sendo caçados e eliminados sem o direito de julgamento. A cada noite que se passava, um associado a Thadeus era executado e em seu lugar apareciam mais três dispostos a morrer pela causa. O segundo passo foi dado pelo clã Nosferatu que enviou uma carta para cada líder cainita local anunciando apoio aos Brujah e prometendo retaliações ao Triunvirato, essa atitude trouxe para nós um clima de guerra, a batalha velada entre os aliados do Triunvirato e Thadeus se estendeu por todo o outono até seu fim e nesse final, foi dado o terceiro passo: Aliados com os Assamitas, os Nosferatu invadiram o castelo do líder Malkaviano do Triunvirato e arrancaram sua cabeça, enfiando em sua base uma estaca de quase seis metros para enfim cravar a base da estaca na frente da catedral usada como base para os conclaves regionais.
O inverno mais sangrento de toda a história começou, a primeira noite da nova estação foi marcado pelo incêndio da praça central, o pânico entre os cainitas e o medo vermelho causou destruição generalizada, mas ainda não foi o suficiente para os revoltados... Thadeus conduziu os seus carniçais e os carniçais de seus aliados em ataques realizados durante o dia seguinte, a legião de mortais presos ao sangue cainita invadiam refúgios e arrastavam cainitas para a luz do sol. Durante a noite os próprio cainitas empunhavam suas espadas e estacas para atacar os mais velhos, não eram ataques desordenados ou caóticos, a natureza desses ataques era analítica, fria, os Assamitas ensinaram muito bem as legiões de jovens cainitas e assim em questão de duas noites não havia mais Triunvirato e não havia mais nenhuma forma de governo da sociedade cainita em Esparta. Os mortais entenderam que uma Guerra Civil inesperada explodiu na cidade, mas nós, filhos de Caim fomos os verdadeiros culpados pelo fim dessa cidade. Os sortudos morreram no sol, pois o destino daqueles capturados durante as noites foi horrível! Seus corpos esquartejados como porcos, espalhados pelos cantos da cidade para servirem de exemplo, as cinzas dos antigos foram jogadas nas fontes de agua da cidade, o sangue dos servos dos antigos foi usado para tingir suas propriedades, suas cabeças foram arrancadas e cravadas em pontas de lanças, lanças essas que agora fazem parte da decoração das ruas da cidade.
Eu não fui tolo de permanecer na cidade, hoje encontro-me em um dos meus vários refúgios próximos a Esparta. Acredito que ir para Atenas seja a melhor escolha nesse momento, entretanto, a caçada a antigos permanece em todas as terras que pertencem a coroa de Esparta e sair nesse momento de crise é perigoso. Espero que essas palavras cheguem a todos os antigos de meu clã e que eles as usem com sabedoria e bom senso, pois os jovens estão em maior número, eles estão descontentes e furiosos com as nossas leis, temo pela existência de nossa própria raça se uma revolução generalizada aconteça...

Lambach
avatar
Danto
Admin

Mensagens : 25
Data de inscrição : 04/03/2015

Ver perfil do usuário http://newstorytellers.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum