As Tribos Garou

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

As Tribos Garou

Mensagem por Danto em Sex Mar 06, 2015 4:19 am

Fúrias Negras:
As fúrias, como gostam de serem chamadas, compõe uma tribo exclusivamente feminina de garous. Algo único entre todas as tribos existentes e até mesmo único em qualquer ambito humano ou lupino, afinal, todos os líderes são homens e dentro da sociedade humana apenas os homens tem direito pleno a cidadania. É exatamente sobre esses pilares que surgem as Fúrias, mulheres fortes, caçadoras incomparáveis e guerreiras vorazes, são as fúrias as defensoras da opressão masculina. A origem da tribo é atribuida as mulheres que serviam à Deusa Artemis nas regiões que antigamente pertenciam aos Filhos de Zeus, assim sendo, em qualquer região do mundo as Fúrias ainda olham para sua Deusa protetora e cultivam seus antigos rituais e costumes.
A força e a influência das Fúrias é incontestável e suas habilidades fizeram delas uma tribo a ser respeitada e temida pelas outras, até mesmo o mais hábil guerreiro não irá simplesmente destratar uma Fúria, ao menos é claro, que esteja ciente das garras que lhe aguardam.

---------------
Roedores de Ossos:
Formados pelas párias e para elas, os Roedores vivem entre os plebeus e os camponses. Lançados a miséria que o mundo longe dos castelos e das glórias podem proporcionar, os Roedores fazem parte da maioria do mundo humano: os pobres.
Todas as tribos nasceram em torno de um ideal, um foco, um sonho... Os Roedores não, eles surgiram da necessidade de sobreviver. E não há nenhum Garou que sobreviva melhor do que um Roedor! Afinal, eles se viram com pouco e as vezes nada, caçam pelos lugares mais perigosos e sujos sem problemas e aproveitam daquilo que nenhuma outra tribo realmente conhece: Irmandade e Liberdade.


---------------
Filhos de Gaia:
"Tudo que nasce e cresce em Gaia esta sobre a minha proteção", assim poderia dizer qualquer Filho de Gaia, afinal, são eles os mais puros e determinados protetores da vida em todas as suas formas. Mantendo boas relações com todas as partes em qualquer região que estejam inseridos, eles olham para as religiões em modo geral como uma ameaça a Gaia e aos conceitos simples que defendem: Amar Gaia e seus frutos. Assim, eles acreditam que qualquer censura e supressão do aprendizado são as causas principais do descontrole despravado da Wyrm e do controle obssesivo da Weaver.


---------------
Fenrir:
Herdeiros do mais forte dos Impérios Humanos, os Fenrir são nórdicos imbativeis e furisos em sua causa. Hoje são eles os Garou que possuem o maior número de Caerns e de Aurons em suas fileiras, a força é a pricipal cultura defendida pelos Fenrir e é com ela que eles acreditam que vencerão os tempos de instabilidade que vivem hoje. Os Fenrir se veem como a única salvação para os Garou e para tal, cultivam em suas matilhas e Caerns a cultura expansiva e dominadora do Império Nórdico e Viking.
Sem se importar com nada, eles não temem nem mesmo os territórios dos Presas de Prata ou dos Senhores da Sombra. Mantendo-se em seus objetivos e realizando suas missões de Guerra por todo o mundo.


---------------
Fianna:
Diferente de todas as tribos, os Fianna tem uma razão especial para existirem nesse mundo. Eles primeiramente são sobreviventes de terras invadidas e disputadas eternamente entre os Latinos e os Nórdicos. A faixa das Ilhas da Bretanha é ainda hoje alvo de disputadas comerciais e guerras exporádicas, assim, banidos de sua terra natal, os Fianna encontram abrigos em outras regiões ou retornam ao Caern principal onde o Rei/Rainha vive. Enfim, os Fianna defendem a magia dentro do reino de Gaia, acreditando que O Povo Belo, ou como são erroneamente chamados, As Fadas, são responsáveis pela manutenção natural de Gaia. Assim, os Fianna mantem poderosos laços com essas criaturas belas e mágicas, tratando-as como parentes.
Os Fianna não se preocupam com guerras entre Humanos e Garous, eles se preocupam com as guerras culturais, principalmente diante as constantes ameaças de destruição de sua história antiga e junto com seus irmãos, os Uivadores Brancos, eles escondem muito mais do que as outras tribos suspeitam.



---------------
Garras Vermelhas:
O primeiro passo para a purificação do mundo é o banimento dos Humanos do ciclo dos lobos e assim foi feito, o segundo passo é o banimento geral dos humanos e por fim, se as falhas persistirem, os humanos deverão conhecer sua destruição. Assim acreditam os Garras Vermelhas que desde os primórdios do mundo excluíram os humanos de sua tribo e dedicaram-se exclusivamente a preservação dos lupinos. Eles defendem a soberania da raça lupina diante todas as outras, sejam elas quais forem, independente do que elas acreditem. Gaia criou o mundo para os lobos e não para as outras bestas e muito menos o criou para uso exclusivo dos Humanos.
Temerosos pelo avanço dos Seres Humanos pelo mundo e rancorosos em relação a todas as outras raças memamórficas, os Garra Vermelha acreditam na purificação do mundo e se unificam cada vez mais em torno dessa causa. Ganhando a cada dia novos aliados a sua causa...


---------------
Senhores das Sombras:
"Para conquistar você precisa antes conhecer". Isso resume o que acredita essa tribo, não importa o que você deseja conquistar ou vencer é necessário ter conhecimento total do que você quer sobrepujar. Assim, eles caminham por lugares que todas as outras tribos jamais caminhariam e se aproximam de informações e situações tenebrosas e nocivas, afinal, os maiores males desse mundo são as forças da Wyrm e da Weaver e é atrás de conhecimento delas que os Senhores da Sombras vão.
Antes de tudo, eles são disciplinadores severos, defensores da hierarquia de poderes e postos. Extremamente metódicos em suas forças de estruturação e regentes de punhos de ferros em seus territórios de caça ou domínios.
Tamanha disciplina e controle sempre os levou a patamares elevados de influência entre as outras tribos, afinal, eles entendem muito sobre os inimigos e conhecimento é sim poder verdadeiro. Entretanto, existe um problema grandioso sob a visão dos Senhores das Sombras: A liderança dos Presa de Prata. De acordo com eles, os Presas de Prata lideram por tradição e não por ações. Afirmando que ao seguir as leis de governantes fracos, o futuro do Povo Garou alcançará apenas à desgraça.


---------------
Peregrinos Silenciosos:
Herdeiros do povo do Sol, eles vem de terras distantes e vão para terras distantes. Em uma época em que ter posses define a sua cidadania, os peregrinos pouco se importam, seguem seus próprios caminhos e viajam livremente por todos os territórios e cidades. Cabe a cada um encontrar uma razão para sua viagem, alguns buscam ardentemente por conhecimento, outros em busca de previsões do futuro ou metódos de lutar contra a Wyrm. A grande verdade é que essa tribo de Garous exóticos e sem rumo são extremamente responsáveis pelas histórias e mensagens, afinal, em um mundo onde grandes distâncias precisam ser percorridas apé, é melhor confiar a sua história ou mensagem para aqueles que nasceram para viajar.
Após a queda do Império do Sol, eles perderam grande parte das hierarquias e costumes tradicionais de seu povo. Assim, eles se laçam ao mundo para desbravar e conhecer o que os Garou normais, aqueles presos a suas matilhas e tribos, jamais serão capazes de ver.


---------------
Presas de Prata:
A tribo dos heróis, são eles os líderes dentre os Garou. Os mais notórios líderes de Gaia, não faltam histórias sobre atos fantásticos de Principes e Reis que luataram bravamente contra as forças descontroladas da Wyrm ou que derrotaram sozinhos vários inimigos. Ao contrário de grande parte das tribos, eles não nasceram de nenhum império humano, mas construiram seu próprio controle dentre Os Filhos De Gaia. Não importa onde você nasce, você certamente escutará diante da fogueira uma história incrível de um heroi Presa de Prata que sacrificou-se em prol de um bem maior.
Assim, naturalmente postos como líderes, os Presas de Prata acreditam que precisam controlar a expansão da civilzação e, como sempre, consideram sua obrigação liderar para servir de exemplo. Com esse propósito (ou justificativa) eles tentam cruzar com Humanos em posições de poder, criando Parentes e jovens Presas nos salões de nobreza.


---------------
Sentinelas:
Chamados as vezes de Sentinelas dos Homens, outros de Sentinelas dos Símeos. Os mais radicais os chamam simplesmente de "Sentinelas dos Macacos"... O fato é, são os Sentinelas os responsáveis pelo contato direto com os Humanos. Defensores da Humanidade como ela era antes, eles contam histórias sobre uma Humanidade pré Império, onde ela era livre, consciente e iluminada e seria perfeitamente capaz de conviver com os Garou e qualquer outra raça de Gaia. Os Sentinelas surgiram dentro do ciclo de pensadores que pôs fim ao período Imperial, são naturalmente instruidos em várias línguas Humanas e em suas fábulas, filosofias e ciências.
Embora seja quase que completamente formada por Hominídeos, existem Lupinos entre os Sentinelas e é cada vez mais comum esses Lupinos serem encorajados a "pensarem de maneira mais humana e menos selvagem". No fim das contas, são eles os que defendem que a Humanidade precisa de conselho e não de guias ou controladores.


---------------
Uivadores Brancos:
Os mais ferozes defensores dos Garou contra a Wyrm, grandes aliados dos Fianna (considerados os "irmãos mais velhos" pelos Fianna). Os Uivadores Brancos se forjam como os guerreiros mais implacáveis contra a Wyrm e seus Theurges compreendem o mundo de uma forma diferente, mais místico e mágico, e acreditam que o "sobrenatural" precisa coexistir em Gaia.
Mas existem costumes dos Uivadores que espantam e surpreendem os outros Garou, eles caçam fantasmas e espíritos malígnos por esporte, desafiam espíritos da morte e vários deles passam horas deitados nas planícies frias, meditando sobre sua própria mortalidade.
Os Filhos do Leão são criaturas selvagens e apaixonadas, compartilhando muito de sua cultura com os Fianna e os Fenrir. Em tempos de paz, quando não há mais Wyrm para caçar, os Uivadores travam batalhas ritualísticas entre sí por anos a finco, batalhas sangrentas e violentas que testam suas habilidades e suas capacidades de caça ao extremo. Mas não importa o quão severa possa ser a batalha, nada afeta o conceito de fidelidade que há entre os Uivadores, nada afeta a horna que há dentro deles.


---------------
Portadores da Luz Interior:
Exóticos e raros. Não por qualquer problema que os forçou a estarem nesse patamar dentro das Tribos Garou no mundo, eles escolheram esse caminho. São poucos os que procriam e são poucos aqueles que se dedicam ao convívio com os outros Garou. Eles se mantem em um lugar próprio, um lugar entre o ser um lobo e ser um humano, entre o material e o espiritual, entre a fúria e a gnose: Eles estão em busca do equilíbrio.
Aliando tudo que aprenderam durante sua vida como homem aos conhecimentos místicos, os Portadores da Luz caminham em busca do equilibrio existencial. Meditando, estudando, filosfando ou mesmo através dos sonhos lúcidos, a busca por esse equilibrio tão distante consome a existencia dessa tribo. O principal foco é compreender o que sobrepõe a raiva, o que é capaz de falar aos corações Humanos e Lupinos, algo com força tão incrivel que tornaria o mundo em algo único, balanceado, coerente.
avatar
Danto
Admin

Mensagens : 25
Data de inscrição : 04/03/2015

Ver perfil do usuário http://newstorytellers.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum